-
01/08/2019 às 10h13

Até Galvão Bueno estava na lista do hacker da Lava Jato

Brasil
Até Galvão Bueno estava na lista do hacker da Lava Jato
Reprodução Internet

Galvão Bueno, Abraham Weintraub e Hamilton Mourão estão na lista de contatos do hacker Delgatti Neto.


As investigações da Polícia Federal (PF) mostraram que Walter Delgatti Neto, hacker que confessou os ataques cibernéticos contra autoridades brasileiras, tinha em suas mãos centenas de contatos relevantes.


Os nomes vão do narrador esportivo Galvão Bueno ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, informa a jornalista Bela Megale, no jornal O Globo.


Delgatti também detinha os contatos de quase toda cúpula das Forças Armadas do governo, como o ministro do GSI (Gabinete de Segurança Nacional), General Heleno, e o vice-presidente, Hamilton Mourão.


Os investigadores da PF, entretanto, ainda apuram se o hacker apenas capturou esses telefones ou se chegou a invadir o aplicativo de mensagens Telegram dessas autoridades.


Segundo integrantes da PF envolvidos na apuração do caso, foi preciso mais de quatro horas para copiar todo o material que existia no computador de Delgatti.