-
17/01/2017 às 15h52

Prefeito propõe reativar posto policial no PS como medida emergência

Cidade e Cotidiano
Prefeito propõe reativar posto policial no PS como medida emergência
Foto: Marcos Vergueiro

Representantes dos servidores da Saúde Municipal reuniram-se nesta (16), com o prefeito Emanuel Pinheiro, a secretária adjunta de Planejamento, Controle e Avaliação, Maria Salete Ribeiro e o vereador Dilemário Alencar, e para discutir soluções imediatas para a questão de segurança no trabalho. Isso aconteceu depois de no fim de semana uma servidora ser agredida fisicamente no Pronto-Socorro.

De imediato, Emanuel se prontificou a recolocar o posto policial como medida emergencial. "Não temos duvidas das condições precárias que a saúde de Cuiabá enfrenta. Sabemos que um posto lá dentro não resolve o problema, mas em primeiro momento é o que podemos fazer. Vamos continuar a conversar e chegar a uma solução”, destacou.

O representante dos enfermeiros, Zenaldo Apudoca, elogiou a rapidez no atendimento das reivindicações da categoria e destacou a urgência de intervenção na Saúde em Cuiabá. “Estamos no limite de trabalho. Estamos com escala que ultrapassa as condições de um ser humano trabalhar. Faltam condições de oferecer melhores serviços à população e a questão da insegurança no trabalho só aumenta”, enfatizou o enfermeiro.

Emanuel destacou o compromisso com a Saúde e a abertura no debate com os servidores. Segundo ele, é impossível resolver qualquer tipo de situação sem escutar a demanda de quem esta na base desse serviço convivendo todos os dias com esse problema.

“Minha meta é uma só nesta gestão: humanização e respeito. Não tem como eu não me colocar nas condições de um servidor que esta trabalhando nos limites da precariedade, não tem como eu não me colocar na situação de usuário desse serviço. A saúde será minha prioridade”, ressaltou o prefeito.

Os servidores deixaram o Palácio com outra reunião marcada para semana que vem onde organizados irão apresentar a demanda de reivindicações ao prefeito.