-
01/02/2017 às 11h01

Pais de vítimas da Kiss podem ser julgados antes de réus

Brasil
Pais de vítimas da Kiss podem ser julgados antes de réus
Foto: Ricardo Moraes/Reuters

A decisão deve acontecer ainda no primeiro semestre deste ano, dizem especialistas no assunto

Os pais das vítimas da boate Kiss devem ser julgados primeiro antes dos réus pela tragédia. A projeção foi feita por advogados consultados pelo portal Zero Hora. Sérgio Silva, Flávio Silva, Paulo Carvalho e Irá Beuren estão sendo processados por calúnia e difamação pelos promotores Ricardo Lozza, Joel Dutra e Maurício Trevisan.

Segundo os advogados, a decisão deve acontecer ainda no primeiro semestre deste ano. Ainda de acordo com os juristas, caso os julgamentos sejam favoráveis aos membros do Ministério Público, os pais das vítimas serão punidos antes que haja condenação dos quatro réus por homicídio no incêndio de 27 de janeiro de 2013, em Santa Maria, que matou 242 pessoas.

Pelo andamento das ações, apenas o processo contra Irá não deve ser concluído este ano. Na semana que vem, ela participará da primeira audiência. Procurados, os promotores não se pronunciaram sobre o caso.