-
16/06/2019 às 09h52

Diretor do BNDES renuncia após críticas de Bolsonaro

Brasil
Diretor do BNDES renuncia após críticas de Bolsonaro
Foto Reprodução Internet

Bolsonaro disse neste sábado (15) que, se o presidente do BNDES não demitisse Marcos Pinto, ele seria demitido.


Marcos Barbosa Pinto, diretor de Mercado de Capitais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), enviou, neste sábado (15), uma carta de renúncia ao presidente da instituição, Joaquim Levy.


No texto da carta, Marcos Pinto afirmou que decidiu deixar o cargo em razão do “descontentamento manifestado” pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.


Marcos Pinto foi chefe de gabinete de Demian Fiocca na presidência do BNDES (2006-2007).


Fiocca era considerado, no governo federal, um homem de confiança de Guido Mantega, ministro da Fazenda nos governos petistas de Lula da Silva e Dilma Rousseff.


“Escrevo para apresentar minha renúncia ao cargo de diretor do BNDES. É com pesar que entrego essa carta, logo após ter tomado posse, mas não quero continuar no cargo diante do descontentamento manifestado pelo presidente da República com minha nomeação”, escreveu o agora ex-diretor, segundo o site G1.