-
27/01/2017 às 17h47

Dieese: desemprego aumenta em todas as regiões do país em 2016

Economia
Dieese: desemprego aumenta em todas as regiões do país em 2016
Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

O Distrito Federal foi o município que obteve o maior resultado: saltou de 14,5% para 18,6%

A crise econômica que assola no país é notoriamente refletida no mercado de trabalho. Em cinco capitais brasileiras, a elevação das taxas de desemprego foi considerável, segundo o Dieese em 2016. O Distrito Federal foi o município que obteve o maior resultado: saltou de 14,5% para 18,6%, seguido de Fortaleza (de 9,5% para 13,4%), Porto Alegre (de 9,6% para 10,7%), Salvador (de 19,9% para 25,2%) e São Paulo (de 13,9% para 16,2%).

Segundo o G1, na comparação mensal, o nível de ocupação teve resultados positivos apenas no Distrito Federal (2,4%), entre dezembro de 2015 e dezembro de 2016. Em Salvador (-5,2%), São Paulo (-3,3%), Porto Alegre (-1,9%) e Fortaleza (-1,5%) houve decréscimo, de acordo com o estudo.

Já a taxa de desemprego ficou estável no Distrito Federal (18,5% para 18,6%), em Fortaleza (13,2% para 13,4%), Porto Alegre (10,8% para 10,7%) e Salvador (25,1% para 25,2%) e apresentou leve declínio na região metropolitana de São Paulo (16,8% para 16,2%).