-
08/01/2017 às 10h03

Alonso chama de 'chata' a era da F1 com Senna, Prost, Mansell e Piquet

Esporte
Alonso chama de 'chata' a era da F1 com Senna, Prost, Mansell e Piquet
Will Burgess/Reuters

Espanhol avalia que período marcado pelo domínio da McLaren foi entendiante

Bicampeão mundial de Formula 1, o espanhol Fernando Alonso avalia que o período da categoria marcado por duelos entre pilotos como Senna, Prost, Mansell e Piquet foi "chato". Na avaliação dele, o predomínio da McLaren em parte dos anos 80 e 90 acabou por por deixar as corridas entediantes.

“A Fórmula 1 naquela época era muito chata. Se você assistir uma corrida de 1985, 1988 ou 1992, você vai dormir durante a prova, porque eram duas McLarens, o quarto piloto chegava a ficar uma volta atrás dos líderes, havia 25 segundos de diferença entre os carros”, disse, segundo o site da revista Veja.

Para o espanhol, a Formula 1 voltou a crescer em meados dos anos 2000 com a chegada de novas montadoras ao "circo". “Creio que a Fórmula 1 cresceu muito. Muitas fábricas vieram para a Fórmula 1 nos anos 2000, como a BMW, Toyota. Havia muita gente chegando. A audiência estava lá em cima. Abrimos o esporte para novos países, corremos na Coreia do Sul, na Índia, em Singapura, duas corridas na Espanha.”