-
29/01/2017 às 18h22

McGregor desafia UFC e garante: sua próxima luta será de boxe

Esporte
McGregor desafia UFC e garante: sua próxima luta será de boxe
USA Today Sports

Irlandês disse ter 100% certeza de que estará em um ringue, calçando luvas de boxe em seu próximo compromisso

Conor McGregor inovou neste sábado (28) ao conceder uma entrevista coletiva em Manchester vendida em pacotes pay-per-view. O principal assunto abordado, claro, foi a suposta luta entre ele e o ex-pugilista Floyd Mayweather, com quem vem se estranhando pela mídia e pelas redes sociais há meses. E para a alegria dos amantes do mundo das lutas, as notícias são boas.

"Essa luta (contra Mayweather) é mais do que está sendo explorada. Essa luta tem sido trabalhada há um tempo. Existem vários passos a serem dados, mas essa é a luta a ser feita, é a luta que todos querem ver. É a luta que eu quero e estou confiante quanto a ela. Eu tenho o alcance. Eu tenho a juventude. Eu tenho a confiança. Tenho o estilo imprevisível. Você não pode se preparar para um estilo como o meu. Um cara me disse: 'por que conquistar um mundo, quando você pode conquistar dois?', então eu vou conquistar dois mundos", afirmou o irlandês, segundo o MMA Fighting.

"Estamos chegando lá, estamos chegando lá. Agora temos uma oferta na mesa (de US$ 25 milhões, feita por Dana White). Ainda não chegamos lá, mas se Manny Pacquiao e Floyd Mayweather fizeram meio bilhão, acredito que essa, entre dois esportes, algo nunca feito antes, será a primeira luta de um bilhão de dólares. Acredito 100% que a próxima vez que eu pisar em uma arena de luta será em um ringue de cordas e usando luvas de oito ou dez onças. Eu não sinto que vou enfrentar nenhum desses idiotas do UFC agora. Eles precisam crescer. Temos a Mayweather Promotions, temos o UFC e agora temos a McGregor Promotions. Ninguém é meu chefe. Sei que o Floyd gosta de dizer que o Dana é meu chefe, mas ninguém decide por mim. Se eles (UFC) deixam pessoas lutarem Jiu-Jitsu, eles não podem me impedir de lutar boxe."

"O som dos risos e o som da dúvida me motivam, então estou aproveitando isso. Eu procuro isso. Tenho essa situação aonde as pessoas realmente duvidam de mim, como eles tem duvidado desde o começo, e isso me motiva. Ele (Mayweather) é o lado assustado, vamos ser honestos. Ele não está tentando ter uma luta de verdade, ele precisa de regras para protegê-lo. Não preciso de regras. Ele pode dizer isso e aquilo, mas na realidade, ele é um merda medroso. Se eu decidir lutar com ele logo, dane-se o UFC, dane-se o MMA, o boxe e os esportes de luta. Vamos apenas lutar logo e será a luta mais fácil da história", finalizou.