-
14/02/2017 às 16h14

Denunciado por 185 crimes de lavagem de dinheiro

Justiça
Denunciado por 185 crimes de lavagem de dinheiro
Reuters

Até então, Cabral já é réu por um crime de evasão de divisas, dois de lavagem de dinheiro e dois de corrupção

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi denunciado pelo Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF-RJ), à 7ª Vara Federal, por nada menos do que 184 crimes de lavagem de dinheiro. Todos os casos são resultado de investigações da Operação Eficiência, um desdobramento da Lava Jato.

Até então, Cabral já é réu por um crime de evasão de divisas, dois de lavagem de dinheiro e dois de corrupção.

O ex-governador do Rio não está sozinho. Segundo o G1, também foram denunciados por lavagem de dinheiro: Carlos Miranda (147 crimes), Carlos Bezerra (97 crimes), Sérgio Castro de Oliveira (6 crimes), Ary Ferreira da Costa Filho (2 crimes), Adriana Ancelmo (7 crimes), Thiago de Aragão Gonçalves (7 crimes), Francisco de Assis Neto (29 crimes), Álvaro José Galliez Novis (32 crimes).

Sérgio de Oliveira, Thiago de Aragão, Francisco de Assis e Álvaro Novis foram denunciados por integrarem a organização criminosa liderada por Cabral. Além de dois doleiros que eram operadores financeiros, mas não tiveram seus nomes divulgados.

De acordo com planilha analisada pelo MPF, foram gastos uma média de R$ 4 milhões por mês.