-
15/12/2016 às 17h11

PM é inocentado e decisão pode mudar julgamento de chacinas

Justiça
PM é inocentado e decisão pode mudar julgamento de chacinas

A Justiça absolveu sumariamente um policial militar da participação da série de homicídios que ocorreu em agosto do ano passado em Osasco, Carapicuíba e Barueri, na Grande São Paulo, em que 23 pessoas foram assassinadas. Segundo a edição desta quarta-feira do jornal Folha de S. Paulo, a decisão, publicada na segunda-feira, deve provocar um efeito cascata no julgamento dos crimes que ainda serão analisados pelo Judiciário e que estão ligados às chacinas.

O cabo Victor Cristilder dos Santos, de 31 anos, era acusado pelo Ministério Público de ter matado um homem em 8 de agosto de 2015, em Carapicuíba. O crime ocorreu um dia depois da morte de um PM de Osasco durante roubo a um posto de combustível, o que, segundo as investigações, foi o estopim para os homicídios.