-
16/01/2017 às 10h11

Rebelião deixa 26 mortos e a crise só se agrava no sistema penitenciário

Justiça
Rebelião deixa 26 mortos e a crise só se agrava no sistema penitenciário
Reuters

Temer vai se reunir com secretários estaduais e governadores para discutir o assunto.


O mais recente massacre em um presídio no Rio Grande do Norte que fez 26 mortos deixou claro para o Palácio do Planalto que a crise prisional no Brasil se agravou e são necessárias novas medidas para enfrentar o problema.


Como destaca a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, está marcada para esta terça (17) uma reunião com secretários estaduais e a expectativa é que se apresente medidas concretas para ultrapassar a crise no sistema penintenciário.


Antes do encontro, o presidente Michel Temer e o ministro da Justiça Alexandre de Moraes devem se reunir para definir novas frentes de atuação. Temer também vai se encontrar com governadores para tratar do assunto, com a finalidade de dividir responsabilidades e não centrar a crise dentro do palácio.