-
11/01/2017 às 10h04

Uso da Força Nacional dentro de presídio irrita ministro da Justiça

Justiça
Uso da Força Nacional dentro de presídio irrita ministro da Justiça
Reuters / Ueslei Marcelino
Alexandre Moraes defende que o uso do contingente em Roraima é para segurança pública. 

O anúncio feito pelo governo de Roraima nesta terça-feira (10), sobre o uso dos agentes da Força Nacional de Segurança Pública “dentro e fora das unidades prisionais”, irritou o ministro da Justiça. Alexandre de Moraes autorizou um contingente de 101 homens em Boa Vista após massacres em um presídio do estado.

De acordo com o jornal O Globo, o Ministério da Justiça rebateu e disse que os homens não vão atuar como agentes penitenciários, pois foram enviados para reforçar a segurança pública com policiamento ostensivo.

"Ressalta que a atuação será dentro e fora das unidades prisionais do Estado de Roraima" disse o governo do estado em nota.

Com Informações Noticias ao Minuto