-
09/08/2019 às 09h43

Moro diz que ‘saidinha’ de Nardoni no Dia dos Pais é ‘imoral’

Brasil
Moro diz que ‘saidinha’ de Nardoni no Dia dos Pais é ‘imoral’
Reprodução Internet

“Parricidas ou filicidas não deveriam sair da prisão em feriado do Dia dos Pais”, afirmou Moro.


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que seu pacote anticrime não permite o benefício da saída temporária para presidiários condenados por crimes hediondos.


Moro respondeu a um tuíte em que o presidente da República, Jair Bolsonaro, se queixava da saída de Dia dos Pais concedida a Alexandre Nardoni, condenado pelo assassinato da filha Isabella.


“No projeto de lei anticrime consta a vedação de saídas temporárias da prisão para condenados por crimes hediondos”, escreveu o ministro Moro.


“Parricidas ou filicidas não deveriam sair da prisão em feriado do Dia dos Pais. É imoral e afeta a confiança das pessoas no império da lei e da Justiça. Mas não adianta culpar o juiz. Precisa mudar a lei atual. Apoie o projeto de lei anticrime”, acrescentou Moro.


Mais cedo, como publicou a RENOVA, Bolsonaro disse que a “saidinha” de Nardoni era “uma grave ofensa contra todos os brasileiros”. “Lamentável”, esbravejou o chefe do Executivo.