-
25/04/2020 às 09h10

Moro rebate Bolsonaro sobre indicação ao STF

Política
Moro rebate Bolsonaro sobre indicação ao STF

“A permanência do Diretor Geral da PF, Maurício Valeixo, nunca foi utilizada como moeda de troca”, diz Moro.


O ex-ministro Sergio Moro rebateu, nesta sexta-feira (24), uma acusação do presidente da República, Jair Bolsonaro, envolvendo uma possível indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF).


Em pronunciamento no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que Moro utilizou a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo, como moeda de troca.


“Ele me disse que eu poderia trocar o diretor-geral, ‘mas em novembro, depois que o senhor me indicar para o Supremo Tribunal Federal’”, explicou Bolsonaro, como noticiou a RENOVA.


Em mensagem no Twitter, Moro rebateu:


“A permanência do Diretor Geral da PF, Maurício Valeixo, nunca foi utilizada como moeda de troca para minha nomeação para o STF.”


E acrescentou:


“Aliás, se fosse esse o meu objetivo, teria concordado ontem com a substituição [dele].”