-
30/01/2017 às 10h55

Petição: milhares são contra visita de Trump ao Reino Unido

Mundo
Petição: milhares são contra visita de Trump ao Reino Unido
Kevin Lamarque / Reuters

Governo britânico afirma que convite será mantido; país busca acordo econômico com os EUA quando deixar a União Europeia

Em meio à polêmica em torno do decreto que proíbe a entrada de imigrantes e refugiados de sete países nos Estados Unidos, um manifesto online que pede o cancelamento da visita do presidente Donald Trump ao Reino Unido já superou um milhões de assinaturas nesta segunda-feira (30).

Os signatários da petição pedem que a visita de Estado tenha seu status rebaixado. Isso porque os convidados a este tipo de evento são considerados hóspedes da rainha no Palácio de Buckingham. Um cerimonial com bandeiras e carruagens na presença da rainha é realizado.

"A bem documentada misoginia e vulgaridade de Donald Trump o desqualifica para ser recebido por sua Majestade ou o príncipe de Gales", consta no manifesto.

Em resposta, de acordo com o G1, o governo britânico informou que a visita será, sim, realizada, contrariando também políticos, inclusive conservadores, que não aprovam o posicionamente de Trump sobre imigração e refugiados.

"Apresentamos o convite. Foi aceito", disse o porta-voz da primeira-ministra Theresa May, nesta segunda-feira (30). May, inclusive, foi a primeira líder mundial recebida pelo presidente dos Estados Unidos na Casa Branca.

O governo britânico tenciona firmar acordos comerciais com os Estados Unidos após saída definitiva da União Europeia, que está prevista para acontecer em breve.

A data da visita ainda não foi estabelecida, mas há especulações de que ela ocorra em junho ou julho.