-
05/01/2017 às 17h09

Tribunal condena dois turcos à prisão perpétua por envolvimento na tentativa de golpe

Mundo
Tribunal condena dois turcos à prisão perpétua por envolvimento na tentativa de golpe
AP Photo/ Emrah

Os ex-militares estavam de plantão na tentativa frustrada de golpe, em julho do ano passado.


Os ex-oficiais militares, comandante Murat Kocak e major Murat Yilmaz foram condenados hoje à prisão perpétua pela suposta participação na tentativa de golpe militar na Turquia em julho de 2016.


A sentença foi proferida pelo tribunal de Erzurum, que os acusou de tentar obstruir a "ordem constitucional" do país. Eles estavam no horário de plantão no início da tentativa de golpe. Após a tentativa de golpe contra Erdogan, a Turquia decretou estado de emergência e prendeu aproximadamente 41 mil pessoas e demitindo mais de 100 mil funcionários públicos.