-
17/09/2019 às 12h05

PT transforma CPI das Fake News em terceiro turno

Política
PT transforma CPI das Fake News em terceiro turno
Reprodução Internet

PT vai utilizar a narrativa de que Bolsonaro utilizou fake news para derrotar Haddad na disputa presidencial em 2018.


A deputada federal Luizianne Lins (PT-CE) apresentou, nesta terça-feira (17), sete requerimentos à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News.


A petista quer ouvir representantes legais das agências de marketing digital Quickmobile, Croc Services, Kiplix, Deep Marketing, SMS Market, AM4 e Yacows, informa O Globo.


As empresas em questão são todas ligadas à campanha presidencial do então candidato Jair Bolsonaro (PSL).


Nesta segunda-feira (16), o presidente da CPI, senador Angelo Coronel (PSD-BA), afirmou que o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) também será convocado para dar explicações.


“O presidente não cansa de dizer que o filho foi responsável por suas redes sociais. Como tem processo aberto no TSE das eleições de 2018, nada como o próprio Carlos vir para dizer se houve irregularidade”, afirmou o parlamentar, como noticiou a RENOVA.