-
16/04/2019 às 18h17

'A maior usina de Etanol de milho, da América Latina, nascerá em Sinop, Mato Grosso', comemorou Dal Molin, em visita às obras

Política
'A maior usina de Etanol de milho, da América Latina, nascerá em Sinop, Mato Grosso', comemorou Dal Molin, em visita às obras
Foto divulgação

As obras da usina de etanol, da Inpasa, em Sinop, estão em ritmo acelerado. A previsão é que a usina, do grupo paraguaio, entre em operação, ainda este ano, julho de 2019.

 

A multinacional “Industria Paraguaya Alcoholes S.A.” (Inpasa) promove um investimento na ordem de R$ 1 bilhão com a instalação da Usina em Sinop. O grupo Inpasa é, hoje, o maior produtor de etanol de milho da América Latina.

 

E, na tarde desta terça-feira (16) uma comitiva do Governo de Mato Grosso, liderada pelo Governador Mauro Mendes (DEM), visitou as instalações da nova Usina de Etanol, no município de Sinop, ao norte der Mato Grosso. O Deputado Estadual Ederson Xuxu Dal Molin, representante do agronegócio mato-grossense, e o Assessor do Presidente Jair Bolsonaro, Victório Galli, também acompanharam a visita.

  

“Estamos, em Sinop, visitando uma indústria de Etanol de Milho; que vai revolucionar, que vai modificar pra melhor o setor do agronegócio no Estado de Mato Grosso. Essa indústria (…) vai criar grandes condições de mudar completamente a cadeia de produção de carne, de suínos, de aves, aqui no Estado de Mato Grosso. Isso vai gerar milhares de empregos e contribuir para o crescimento do Estado de Mato Grosso”, destacou Mauro Mendes.



Foto divulgação

 

O Deputado Xuxu Dal Molin afirmou que este tipo de empreendimento precisa de total apoio da Assembleia Legislativa, das Prefeituras e do Governo, "Só temos que apoiar, unidos, para que esse empreendimento aconteça e gere riquezas, economia no bolso do cidadão e novos empregos”, destacou.

 

“Em Sinop, está nascendo a maior usina de etanol de milho da América Latina, com produção estimada em 1,5 milhão de litros por dia, a partir de julho de 2019. Estivemos visitando essa grande obra com o governador Mauro Mendes e o diretor-presidente da Inpasa, José Odvar Lopes. Uma grande alternativa de verticalização econômica na cadeia produtiva do milho, uma indústria com alta sustentabilidade que produzirá energia renovável, potencializando ainda mais a indústria da carne. Com mais empregos e aumento de arrecadação, sem aumentar impostos, todos os mato-grossenses serão beneficiados”, comemorou Xuxu Dal Molin.

 

O assessor da Presidência da República, Victório Galli, ressaltou que o momento atual do Brasil está fértil para novos investimentos estrangeiros no país. “Bolsonaro irá promover um ‘Revogaço’ nos próximos dias de, aproximadamente, 250 Decretos publicados nas últimas décadas que geraram um aumento da burocracia e atravancaram o desenvolvimento do Brasil. O nosso país precisa defender na prática o livre mercado e as liberdades do nosso povo”, disse Galli.

 

As obras da Usina de Etanol da Inpasa, iniciadas em abril de 2018, em uma área de 150 hectares na região Sul de Sinop (500km de Cuiabá), próxima às margens da BR-163; e, se tornou o principal empreendimento da INPASA no Brasil. Para que houvesse competitividade, o Governo reduziu o ICMS de 25% para 7%, uma negociação comemorada pelo governo e pelos investidores.

 

A segunda maior indústria de etanol da América Latina também é de propriedade da “Paraguaia de Álcool (Inpasa)”, a Inpasa que tem sua sede em Canindeyú, no Paraguai, possui uma unidade no distrito de Guayaibí, na localidade de Toro Pirú, na província de San Pedro, com capacidade de produção limitada a surpreendente marca de 750 mil litros de etanol por dia. A unidade em Sinop produzirá 1,5 milhão de litros de etanol de milho por dia.