-
30/03/2021 às 12h08

'Podem me prender': Prefeito resiste ao 'LOCKDOWN JUDICIAL' em MT

Política
'Podem me prender': Prefeito resiste ao 'LOCKDOWN JUDICIAL' em MT

O prefeito de Campo Novo do Parecis (391 km de Cuiabá), Rafael Machado (PSL), afirmou nesta terça-feira (30) que irá descumprir a ordem judicial proferida na segunda-feira (29) pela desembargadora Maria Helena Póvoas, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e manterá o comércio aberto: “Podem vir me prender”.


“Podem vir me prender. Autorizo a publicar. Lockdown não traz resultado efetivo, nós já vimos isto no ano passado. Eu não vou emitir decreto pelo fechamento”, disse o gestor em entrevista ao Portal Campo Novo.


Rafael ainda acrescentou que precisa de provas, com dados científicos, de que lockdown diminui casos de Covid-19. “O que tem que acabar são as festas clandestinas, aglomeração em beira de rio”.


Posteriormente, ele ainda voltou a garantir o comércio aberto e disse que irá “segurar a bronca” em caso de retaliação pelo não cumprimento da ordem judicial.


Redação com Olhar Direto