-
05/02/2021 às 11h36

‘Queremos uma Ferrari no 5G’, diz relator de edital na Anatel

Tecnologia
‘Queremos uma Ferrari no 5G’, diz relator de edital na Anatel

“Queremos uma Ferrari para o 5G e não vamos aceitar um Fusca”, afirmou o relator.


Carlos Baigorri, relator do edital de licitação do 5G na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), afirmou, nesta sexta-feira (5), que as empresas de telecomunicações não podem escolher investimentos, já que pediram para que a arrecadação não fosse a prioridade no leilão.


De acordo com Baigorri, a lista de exigências para os vencedores não será alterada, mesmo com a pressão das companhias.


“Queremos uma Ferrari para o 5G e não vamos aceitar um Fusca”, afirmou o relator ao Estadão/Broadcast.


Baigorri acrescentou:


“Já que vamos pagar pela rede 5G, pois cada exigência será descontada do valor da outorga (o valor que o governo cobra para exploração do serviço), que seja o 5G no estado da arte, o melhor 5G possível.”


E completou:


“Do contrário, estaremos vendendo para a sociedade um 5G do estilo Ferrari, mas entregando um Fusca. Ambos são carros, mas não são a mesma coisa. Se vou pagar por uma Ferrari, quero uma Ferrari, não um Fusca.”