-
13/04/2019 às 07h28

A ‘política de desarmamento’ das Forças Armadas do Brasil

Brasil
A ‘política de desarmamento’ das Forças Armadas do Brasil
Reprodução Internet

“Parece que houve uma política de desarmamento também nas forças armadas”, afirmou o deputado Luiz Philippe (PSL-SP).


Em audiência pública na última quarta-feira, 10 de abril, a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados, ouviu o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, sobre as prioridades e perspectivas da pasta no ano de 2019.


A palestra do general na comissão foi uma iniciativa dos deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP); Carlos Zarattini (PT-SP); David Miranda (PSOL-RJ); e Perpétua Almeida (PCdoB-AC).


Sobre os gastos do governo federal com a defesa nacional no ano de 2017, o deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança (PSL-SP) escreveu em seu perfil verificado no Twitter:


“Na palestra do ministro da defesa na comissão de relações exteriores descubro que estamos abaixo do nível mínimo aceitável para resguardar nossa soberania.”


Ele acrescentou:


“Parece que houve uma política de desarmamento também nas Forças Armadas e não nos avisaram.”