-
03/06/2021 às 09h17

CBF blinda jogadores da Seleção de polêmica sobre a Copa América

Esporte
CBF blinda jogadores da Seleção de polêmica sobre a Copa América

Atletas tentam escapar de entrevistas e agem com discrição nas redes sociais.


Os atletas da Seleção Brasileira estão concentrados na Granja Comary, em Teresópolis, em preparação para as duas próximas partidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. 


O anúncio repentino de que a Copa América 2021 seria realizada no Brasil — não mais na Argentina — provocou uma intensa polêmica no cenário político e nas redes sociais.


“Nada de entrevistas, e discrição nas redes sociais”, são as recomendações da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para os jogadores da Seleção.


A informação foi divulgada, nesta terça-feira (1º), pelo jornal Estadão.


O periódico apurou que não houve nenhuma espécie de veto à manifestação dos jogadores, mas foi verificada uma suspensão momentânea das entrevistas coletivas.


O objetivo é evitar que a turbulência política afete o trabalho do técnico Tite — e, consequentemente, prejudique o desenvolvimento da Seleção nas principais competições futebolísticas da América do Sul.


De acordo com o anúncio da Conmebol, a competição está marcada para os dias 13 de junho a 9 de julho. 


Na tarde desta terça-feira (1º), o presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmou que quatro Estados sediarão a competição: Distrito Federal, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás.