-
01/12/2018 às 13h31

Eduardo Bolsonaro levanta bandeira de Galli sobre volta do Brasão aos Passaportes

Política
Eduardo Bolsonaro levanta bandeira de Galli sobre volta do Brasão aos Passaportes
Foto reprodução Web

Projeto de Galli que determina a volta do Brasão aos passaportes deverá ser aprovado no próximo ano de 2019. O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, aderiu ao movimento iniciado por Victório Galli, em que exige-se o retorno do Brasão Nacional aos Passaportes brasileiros.


Com esse forte apoio de Eduardo, Galli entende que o passaporte brasileiro terá, novamente, o Brasão da República Federativa do Brasil na capa.


Galli vem trabalhando essa pauta desde o ano de 2016, quando apresentou projeto e estudo sobre o assunto.


Ocorre que no primeiro semestre de 2015, durante o Governo de Dilma Rousseff (PT), o Passaporte sofreu mudanças, entre elas: certificação digital e nova identidade visual.


A nova identidade visual, supranacional, trouxe forte alusão ao Mercosul. Na capa, foram estampadas 5 estrelas, numa referência direta aos 5 países: Venezuela, Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai.


A mudança no documento não passou despercebida e recebeu críticas do Deputado Victório Galli (PSL-MT), que já se declarou ser anticomunista e antimarxista. Galli entende que a mudança afrontou a soberania e os símbolos nacionais brasileiros.


O parlamentar conservador entendeu necessário o retorno do Brasão aos Passaportes. É o que determina o Projeto de Lei 5747/16, de sua autoria, que tramita na Câmara dos Deputados.


Galli ressalta que o Brasão da República é símbolo do País, conforme a Constituição. Além disso, o parlamentar conservador apontou que a Lei 5.700/71, que trata da forma e a apresentação dos símbolos nacionais, traz a obrigatoriedade de constar o Brasão da República Federativa do Brasil dos documentos públicos federais expedidos e publicados. “O símbolo do Mercosul não consta como símbolo nacional”, asseverou Galli.


O Projeto já recebeu parecer favorável do relator, Dep. Sandro Alex (PSD-PR), na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara do Deputados.

 

 Galli afirmou que há uma sinalização de apoio do futuro Governo de Jair Bolsonaro pelo retorno do Brasão aos Passaportes. Com isso, o parlamentar conservador acredita que em 2019 o Projeto poderá ser aprovado pela Câmara dos Deputados.



Antonia

Esses idiotas além de roubar o país ainda tiraram a nossa dignidade.

02/12/2018 14:47

Giaugusto Fernandes dos Santos

Queremos também o retorno das placas dos veículos.

02/12/2018 10:30

Paulo

Excelente proposta; isso significa soberania.

01/12/2018 22:34