-
28/05/2020 às 16h18

EUA, Inglaterra, Austrália e Canadá criticam China em nota conjunta

Mundo
EUA, Inglaterra, Austrália e Canadá criticam China em nota conjunta

As quatro nações externaram uma profunda preocupação com a nova lei imposta contra Hong Kong.

 

Reino Unido, Austrália, Canadá e Estados Unidos divulgaram declaração conjunta, nesta quinta-feira (28), com críticas à nova lei de segurança nacional em Hong Kong aprovada pelo regime comunista da China.


As quatro nações externaram uma profunda preocupação com a nova lei, que visa conter os crescentes protestos pró-democracia no território semi-autônomo.


No comunicado¹, o grupo aponta que a medida imposta pela segunda maior potência econômica do mundo sobre a região autônoma fere o acordo sino-britânico assinado entre as partes e avalizado pela Organização das Nações Unidas (ONU). 


A declaração conjunta foi assinada pelos seguintes nomes:


Ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab;

Ministra das Relações Exteriores da Austrália, Marise Payne;

Ministra das Relações Exteriores do Canadá, François-Philippe Champagne;

Secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo.

O Congresso da China aprovou² por 2.878 votos à favor e 1 contra, com 6 abstenções, a lei que proíbe subversão, secessão, terrorismo e interferência estrangeira em Hong Kong.