-
02/09/2020 às 09h49

Facebook derruba páginas da QAnon no Brasil

Tecnologia
Facebook derruba páginas da QAnon no Brasil

O Facebook removeu da rede social alguns dos principais grupos e páginas que promoviam o movimento QAnon no Brasil. 


As suspensões ocorreram após a publicação de uma reportagem do jornal Estadão sobre o assunto.


Ao todo, saíram do ar grupos e páginas que, juntos, tinham 572 mil membros ou seguidores. 


Somente o maior grupo de adeptos da QAnon reunia mais de 22 mil membros. Páginas identificadas como “oficiais” e dedicadas à publicação de conteúdos do movimento também foram encerradas.


A empresa não detalhou os motivos específicos que provocaram os banimentos, mas confirmou a ação a partir da reportagem.


“O Facebook removeu cinco Páginas e Grupos por violações de suas políticas. Reforçamos, ainda, que conteúdos associados com o movimento QAnon serão removidos quando identificadas discussões de potencial violência. Agradecemos ao Estadão por ter sinalizado os conteúdos violadores”, disse a rede social, em nota, segundo o portal UOL.