-
13/12/2020 às 16h09

Falta de sono afeta o sistema imunológico, diz estudo

Saúde
Falta de sono afeta o sistema imunológico, diz estudo

Estudo aponta que distúrbio de sono poderia aumentar a gravidade da resposta inflamatória.


Um grupo coordenado por cientistas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) investigou como a privação de sono impacta as respostas imunológicas em três situações distintas:  


asma alérgica 

malária  

imunoterapia contra tumores.  

O objetivo da pesquisa foi analisar a relação entre os sistemas nervoso e imunológico. 


Para isso, os estudiosos induziram em camundongos distúrbios na fase REM do sono, a mais importante para o descanso e o equilíbrio do organismo. 


O pesquisador Alexandre Keller, da Unifesp, explicou: 


“Nosso objetivo com esse conjunto de pesquisas é melhorar a compreensão da relação bidirecional entre os sistemas nervoso e imunológico, contribuindo para o desenvolvimento de novas formas de intervenção em doenças inflamatórias, imunoterapia, imunoprofilaxia e no tratamento de transtornos neurológicos.” 


A pesquisa mostrou que o distúrbio de sono poderia aumentar a gravidade da resposta inflamatória nos camundongos, isto é, um organismo que apresentava um quadro de asma mais leve poderia evoluir para o nível grave por conta da falta de sono, se tornando, inclusive, resistente ao tratamento com corticoide.