-
06/10/2017 às 10h19

Finalmente: Gigante aeroespacial mostra projeto para viagem à Marte em 2030

Tecnologia
Finalmente: Gigante aeroespacial mostra projeto para viagem à Marte em 2030
Foto reprodução

Sem dúvidas, visita a Marte pode se tornar o maior desafio científico de um futuro relativamente próximo. No entanto, empresas líderes na área espacial já possuem projetos de viagem prontos para o Planeta Vermelho. A Sputnik apresenta o projeto mais notável.


Além dos planos impressionantes da SpaceX sobre "trens marcianos" e a criação do maior foguete existente, revelados durante o Congresso Astronáutico Internacional, em Adelaida (Austrália), outra empresa estadunidense apresentou seu projeto ambicioso.

Lockheed Martin, o gigante aeroespacial norte-americano, ofereceu detalhes do seu conceito Mars Base Camp.

A ideia principal do projeto é criar estação orbital marciana para estudar o planeta a um nível sem precedentes e em tempo real, informa o portal científico Mars Daily.

Marte está mais perto do que você pensa! #MarsBaseCamp é a visão da @LockheedMartin de enviar humanos para #Marte

Para chegar à superfície marciana, a estação será equipada com uma nave espacial reutilizável de decolagem e aterrisagem vertical de etapa, capaz de levar e devolver quatro astronautas da estação orbital para Marte.

A água, existente em Marte em forma de gelo, servirá de combustível para o aparelho: a empresa planeja equipá-lo com motor alimentado por hidrogênio.

Segundo representantes da Lockheed, tal missão pode vir a ser realizada em 2030. A propósito, trata-se da data declarada por altos funcionários dos EUA como necessária para a primeira missão ao Planeta Vermelho.

"Enviar humanos para Marte sempre foi ficção científica. Mas agora temos capacidades de torná-la realidade", afirmou Lisa Callahan, vice-presidente da empresa.

Quanto à infraestrutura espacial futura, o Mars Base Camp prevê desenvolvimento do projeto da NASA e Roscosmos da estação orbital lunar parecida — Deep Space Gateway.

Esta última será o lugar de montagem da estação marciana e o ponto logístico importante para missões posteriores.

A apresentação detalhada está disponível em inglês no canal de Lockheed Martin no YouTube. Além disso, as entrevistas com especialistas da empresa são publicadas pelo Australia's Science Channel. 

Com informações do Sputnik News.