-
22/02/2021 às 13h37

Governo comunista do Maranhão irá gastar R$1,3 milhão com 'motel para presos'

Política
Governo comunista do Maranhão irá gastar R$1,3 milhão com 'motel para presos'

Governador Flávio Dino assinou um contrato para construção de “22 módulos de encontros íntimos” em 11 presídios do estado, no valor de R$1,3 milhão, mostrando que comunistas têm ainda muito amor para dar a bandidos.


O governo do Maranhão, comandado por Flávio Dino (PCdoB), fechou no último dia 28 de janeiro um contrato com a Etech Construção para construir “22 módulos de encontros íntimos” em 11 presídios do estado. O custo do contrato é de R$1,3 milhão.


A verba para a construção dos módulos será através do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), pasta subordinada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. Segundo o edital, cada um dos 22 módulos terá três salas íntimas, totalizando 66 salas, sendo em presídios de São Luís e outras 30 no interior do estado.


O governo do Maranhão justificou a licitação afirmando que a medida “visa a criação de condições favoráveis, para a implantação de todas as diretrizes necessárias a um sistema prisional de qualidade”.


É justamente por isso que você precisa assinar o Brasil Sem Medo. Por menos de 1 real por dia, você tem acesso exclusivo às nossas matérias, análises, entrevistas, crônicas, podcasts e ebooks. Você pode optar pela assinatura anual, por 290/ano (média de R$24/mês) ou pela assinatura trimestral, por 87/trimestre (média de R$29/mês) e acessar agora mesmo a todo o conteúdo premium do Brasil Sem Medo.