-
11/04/2019 às 21h50

Governo propõe carteira de estudante; e sem dinheiro, a UNE pode fechar as portas

Brasil
Governo propõe carteira de estudante; e sem dinheiro, a UNE pode fechar as portas
Reprodução Internet

O governo federal brasileiro tem dedicado esforços para criação de uma “carteirinha estudantil”. O objetivo, aparente, do presidente Jair Bolsonaro e de sua equipe é retirar a força do movimento de extrema esquerda. 


Ao criar uma carteira estudantil federal, com validade em território nacional, a UNE (União Nacional dos Estudantes) perde sua principal fonte de financiamento. É sabido que essa entidade é dominada por partidos de extrema esquerda, além disso se tornou um braço do petismo dentro das universidades federais brasileiras. O documento estudantil emitido pela UNE garante a meia entrada em cinemas e espetáculos. 


No Congresso, uma ala de liberais e conservadores buscam emplacar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar as contas da UNE.

Manoel Cordeiro

Na maioria das universidades, principalmente as federais, os centros acadêmicos são regados à cachaça, maconha e cocaína. Os traficantes fazem a festa e os alunos são transformados em zumbis pelas ideologias e pelas drogas. O poder público se faz de cego e os pais impotentes são totalmente despojados da autoridade sobre seus filhos. Isso precisa acabar.

15/04/2019 11:12

Sergio J

A UnE vem sendo usada por partidos de esquerda disseminando idéias marxistas ultrapassadas servindo aos partidos radicais de esquerda O Governo Federal teve a brilhante idéia de criar a carteira estudante vai ser o o fim para os cofres UNE

15/04/2019 08:10

Junio

Eu queria saber se essa carteirinha libera passagem de onibus pra estudantes

15/04/2019 01:24