-
13/11/2020 às 12h30

Guiratinga: Analista político é covardemente agredido ao filmar comício do PSDB

Política
Guiratinga: Analista político é covardemente agredido ao filmar comício do PSDB

Num ato democrático onde se pode filmar, fotografar e até participar como espectador, um analista político de Cuiabá, que estava no evento comício de rua, foi agredido gratuitamente, conforme vídeo cedido pela vítima.


O analista político de Cuiabá, Manoel Carlos, esteve em Guiratinga na noite desta quinta-feira (12) e foi agredido por volta das 19h na cidade por estar filmando discursos de evento da coligação do atual Prefeito da Cidade, Humberto Bolinha.




Conforme o analista político, a violência iniciou com um dos agressores tomando seu celular e na sequência foi derrubado no chão, momento em que levou dois chutes na região do abdômen e lombar. A violência cessou quando a vítima disse ser um policial civil para se proteger. Duas testemunhas já catalogadas no Boletim De Ocorrência nº 2020.275969. E também ajudaram a cessar a violência contra o analista.


A agressão partiu de apoiadores do atual prefeito Bolinha, do PSDB. O atual prefeito ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.


DETALHES:


O analista estava a uma distância de aproximadamente 30 metros, mas apoiadores do prefeito não gostaram que o profissional estaria filmando os discursos, em via pública, e agrediram Manoel que não teve como se defender.


O analista relatou que três homens se aproximaram, perguntaram de onde ele seria quando respondeu que era de Cuiabá, seu celular foi tomado a força e na sequência iniciou-se as agressões.


“Fui derrubado no chão e levei dois chutes, quando começou a fechar diversas pessoas para continuar a agressão, outras duas pessoas chegaram e começaram a pedir para pararem com as agressões, tive que dizer que era policial civil. Nunca imaginei passar por tal situação, meu direito de liberdade de ir e vir foi violado, fui vítima de um ato antidemocrático”, relatou Manoel.



Analista Politico Manoel Carlos