-
16/01/2018 às 13h07

Julgamento de Lula está cercado de ameaças a Juízes

Brasil
Julgamento de Lula está cercado de ameaças a Juízes
Foto: Reprodução

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Thompson Flores, informou à presidente do Supremo, Cármen Lúcia, sobre ameaças contra os desembargadores que julgarão o ex-presidente Lula, no próximo dia 24. A Procuradoria-Geral da República vai investigar.

Pelo menos um partido, o PCdoB, suspendeu um de seus filiados por ter feito ameaças. É um ex-candidato a vereador de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

A preocupação do atual tesoureiro do PT, Emídio de Souza, é outra. Em reunião fechada com militantes, pediu demonstração de força nas ruas. Quanto mais gente, disse, “mais comedida a Justiça vai ser”. Enquanto isso... Já a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, não foi tão comedida. “Para prender o Lula, vai ter que prender muita gente”, “Vai ter que matar gente.”.  Disse

O chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen, porém, aposta que o julgamento em Porto Alegre não terá incidentes que escapem ao controle da polícia local. Sequer é preciso enviar tropas federais. É o relato que fez ao Planalto.

Lula pode não ser o único problema petista. A PF indiciou o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad por suspeita de caixa 2 na campanha de 2012. Ele é um dos citados como plano B do partido para o Planalto.

Redação com Canal Meio