-
25/07/2020 às 10h55

Justiça determina que Twitter identifique autor de ataques contra Itamaraty

Justiça
Justiça determina que Twitter identifique autor de ataques contra Itamaraty

A Justiça do Distrito Federal determinou, nesta sexta-feira (24), que o Twitter exclua posts considerados ofensivos feitos contra Pedro Wollny, chefe de gabinete do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. 


A rede social tem 10 dias úteis para entregar os dados cadastrais disponíveis — nome completo, CPF e endereço — e os registros de IPs para identificação do ofensor vinculado ao perfil, destaca o jornal digital Poder360.


As postagens foram feitas em um perfil intitulado “Abu V” e, de acordo com a decisão judicial, continham supostos ataques à honra de Wollny e possível caráter ilícito — civil e criminal.


Ainda de acordo com a decisão, o Twitter deve fornecer também as datas e horários GMT de acessos, bem como a porta lógica, de todos os acessos do responsável pela criação da conta no período analisado: de 16 de junho a 8 de julho de 2020.