-
16/06/2019 às 11h56

LEVY FORA DO BNDES: Atraso na abertura da Caixa Preta foi alertado, em abril, por Bolsonaro

Política
LEVY FORA DO BNDES: Atraso na abertura da Caixa Preta foi alertado, em abril, por Bolsonaro
Fotos reprodução Internet

O presidente do BNDES, Joaquim Levy, enviou carta de demissão ao ministro da Economia, Paulo Guedes. 


Em sua carta, Joaquim Levy pediu demissão do cargo após críticas do Presidente Bolsonaro em razão de uma contratação feita por Levy. 


Bolsonaro já havia feito críticas sobre um atraso na abertura da Caixa Preta do BNDES, promessa de campanha de Bolsonaro. E, a gota d’água foi a escolha de Marcos Barbosa Pinto para a diretoria da área de Mercado de Capitais, do BNDES, responsável pelos investimentos do BNDESPar. Segundo informações, Marcos Pinto tem estreitas ligações com o PT. 


Segue trecho da carta enviada pró Levy ao Guedes: “Solicitei ao ministro da Economia, Paulo Guedes, meu desligamento do BNDES. Minha expectativa é que ele aceda. Agradeço ao ministro o convite para servir ao país e desejo sucesso nas reformas. Agradeço também, por oportuno, a lealdade, dedicação e determinação da minha diretoria".


HISTÓRICO:


O Presidente Jair Bolsonaro, em entrevista ao jornalista Augusto Nunes, em 8 de abril deste ano, fez um balanço sobre os primeiros 100 dias do Governo e lembrou que há pontos a serem melhorados e ajustados, o que não comprometeu os avanços pretendidos e cumprimento de promessas de campanha. 


O presidente Bolsonaro usou como exemplo de “pequenos ajustes” a condução do BNDES, pelo Presidente Joaquim Levy:


“Temos alguns probleminhas, como temos no BNDES, que está faltando transparência, sim! Já conversei com o Levy, já conversei com o Paulo Guedes. Está faltando mais transparência no BNDES. Nós queremos saber todo mundo que pegou empréstimo lá, taxa de juros e quem é que deu garantia”, ressaltou o presidente. 


O jornalista Augusto Nunes aproveitou o tema relacionado ao BNDES e perguntou: “Quando é que se vai abrir a Caixa Preta do BNDES?”


O Presidente reafirmou que a ordem já foi dada ao Presidente do Banco e que o prazo já expirou. Lembrou que terá nova reunião com Joaquim Levy sobre o assunto nos próximos dias: “Eu tive uma conversa, há 3 semanas, mais de uma, nesse sentido, com o Levy. E, já está atrasada uma resposta a minha pessoa, né”.


Ou seja, a Caixa Preta do BNDES deveria ter sido aberta há aproximadamente 3 (três) meses.

marcelo tomaz da silva

parabéns ao presidente Bolsonaro, cada dia o respeito mais e bato palmas para sua administração, e que assim seja onde tiver sujeira que não quiser deixar transparecer , faça isto demita e coloque outro no lugar ate organizar a casa, parabéns ate que enfim Deus tem dado sua bênção a nós com um presidente de carater e que busca uma nação justa...

17/06/2019 11:26

Joás de Oliveira

Esse é o caminho

17/06/2019 09:50

gabriel pereira

Aprovo totalmente, acho que o Sr .Levy por ter participado de governo escuso , jamais deveria participar do governo, o que foi cobrado dele foi simples e ele me parece não quis cumprir determinação do presidente e por isso foi se e acaba o jemhemhen tem que ser assim e transparência e tudo, doa a quem doer.

16/06/2019 19:17