-
24/07/2020 às 08h31

MAIS 14 DIAS: Juiz prorroga quarentena em Cuiabá e VG e multa Emanuel em 200 mil

Cidade e Cotidiano
MAIS 14 DIAS: Juiz prorroga quarentena em Cuiabá e VG e multa Emanuel em 200 mil
Foto O Livre

O juiz José Luiz Leite Lindote decidiu prorrogar a quarentena em Cuiabá e Várzea Grande em mais 14 dias. Com isso, o comércio em geral e serviços não essenciais permanecem fechados até o dia 6 de agosto, para evitar aglomerações e conter o avanço do novo coronavírus na Região Metropolitana. O juiz ainda multou o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) em R$ 200 mil por ter demorado a emitir o decreto de quarentena na cidade. 


Para reforçar sua decisão quanto a necessidade de quarentena e de medidas de isolamento nas duas cidades, Lindote destadou que o boletim epidemiológico desta quinta-feira (23) mostra que as duas cidades ainda estão classificadas como de alto risco para o contágio pelo novo coronavírus. O juiz lembrou que um decreto do governo impõe a classificação de risco e o prefeito não pode abrir mais que o determinado em sua zona de classificação. 


O juiz ainda destacou que vem sofrendo críticas do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e aproveitou para apontar o que classificou como omissões do emedebista, citou atrapalhada do prefeito ao impor rodízio por CPF e de veículos e depois ter que voltar atrás. 


Também citou o fato do secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales, responsável por fiscalizar aglomerações e estar na organização do funeral do pastor Sebastião Rodrigues de Souza.  Por essa razão, o juiz aplicou multa de R$ 100 mil a Emanuel e de R$ 100 mil ao coronel Sales.  


Quanto a demora na edição de decreto mandando fechar a cidade, o juiz entendeu que na ocasião o prefeito queria demonstrar desrespeito às normas e motivar os cuiabanos a não cumprirem a determinação judicial. 


O juiz quer o deposito do valor da multa pagos em até 5 dias. Para isso, determinou até mesmo bloqueio nas contas através do sistema Bacenjud.