-
19/11/2020 às 16h03

Ministro da Dinamarca renuncia após sacrifício de visons infectados

Mundo
Ministro da Dinamarca renuncia após sacrifício de visons infectados

"Não tenho mais o apoio requerido. Devo apresentar a minha renúncia”, diz ministro.


A emissão de uma ordem para sacrificar toda a população de visons da Dinamarca terminou com a renúncia, nesta quarta-feira (18), do ministro de Agricultura e Alimentação, Mogens Jensen. 


A decisão de sacrificar milhões de animais foi tomada após ter sido identificada uma mutação do novo coronavírus que poderia afetar a eficácia das futuras vacinas. 


O governo dinamarquês ordenou no início do mês o sacrifício dos 15 milhões de visons nas fazendas da Dinamarca, o maior produtor mundial. 


Em entrevista à emissora televisão pública DR, Jensen declarou: 


“Está claro que é absolutamente necessário para mim ter a confiança dos partidos do Parlamento para exercer o meu cargo, e acredito que não tenho mais o apoio requerido. Por isso, sinto que devo apresentar a minha renúncia.”  


O anúncio veio pouco antes da divulgação de três comunicados internos das autoridades. Um dos textos mostra “com clareza” que o Ministério da Alimentação cometeu um “erro”.