-
04/06/2019 às 06h35

Nações europeias querem criar tribunal para jihadistas

Mundo
Nações europeias querem criar tribunal para jihadistas
Reprodução Internet

Várias nações europeias defendem a conveniência de criar um tribunal internacional para julgar os jihadistas que combateram com o Estado Islâmico.


Especialistas de 11 países europeus e representantes da União Europeia (UE) e da Organização das Nações Unidas (ONU) avançam projeto para facilitar julgamento de jihadistas do Estado Islâmico (EI).


Uma primeira reunião para impulsionar a criação de um tribunal internacional, que julgue jihadistas que combateram com o EI na Síria e no Iraque, foi realizada nesta segunda-feira (3), em Estocolmo, na Suécia.


O ministro do Interior sueco, Mikael Damberg, anfitrião do encontro, elogiou o “grande e crescente interesse” internacional pela iniciativa.


Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.


Especialistas da Noruega, Finlândia, Dinamarca, Áustria, Alemanha, Bélgica, Holanda, França, Suíça e Reino Unido, além da Suécia, participaram da reunião.


As conclusões do encontro serão apresentadas nesta sexta-feira ao término de uma reunião da UE aos demais ministros de Interior, segundo explicou Damberg em um pronunciamento, informa a agência EFE.