-
25/08/2019 às 10h37

NASA investiga a primeira acusação de crime no espaço

Mundo
NASA investiga a primeira acusação de crime no espaço
Reprodução Internet

Astronauta é acusada de acessar a conta bancária de sua esposa na Estação Espacial Internacional durante um conturbado processo de divórcio.


A NASA está investigando uma astronauta que foi acusada de acessar a conta bancária de sua esposa enquanto participava de uma missão de seis meses na Estação Espacial Internacional.


A tenente-coronel Anne McClain foi acusada de obter acesso indevido à conta bancária online da sua esposa, Summer Worden, usando computadores da agência espacial norte-americana.


McClain teria acessado a conta bancária da sua cônjuge como parte de uma estratégia para obter a custódia do filho de Worden, com quem ela dera à luz cerca de um ano antes do casamento.


Worden, ex-oficial de inteligência da Força Aérea, apresentou uma queixa contra McClain junto à Federal Trade Commission (FTC), alegando que McClain havia cometido roubo de identidade. A astronauta não subtraiu valor algum da conta de Worden.


Em entrevista ao jornal New York Times, Worden descobriu as ações da sua esposa depois de ficar curiosa sobre como McClain sabia detalhes de sua vida financeira, apesar de McClain estar orbitando a Terra na ISS.


Ao tomar conhecimento da situação, os pais de Worden entraram com uma queixa contra McClain no Escritório do Inspetor-Geral da NASA, alegando roubo de identidade e acesso indevido aos registros financeiros privados de Worden.


Na semana passada, McClain, que voltou à terra firme, sentou-se para um depoimento sob juramento com o inspetor geral, durante a qual ela teria admitido ter acessado às informações bancárias de Worden, informa o jornal britânico DailyMail.