-
09/08/2018 às 17h39

Pastor conselheiro de Trump traz mensagem profética para o Brasil

Mundo
Pastor conselheiro de Trump traz mensagem profética para o Brasil
Foto: Lagoinha

A Comunidade Internacional Brasil & Israel promove nos dias 8 e 9 de agosto a maior celebração pelos 70 anos de Israel na América Latina. Sediada na Igreja Batista da Lagoinha, o evento está sendo transmitido pela internet. Todos os que moram em Belo Horizonte podem participar, pois a entrada é livre.


Na noite da quinta-feira o preletor principal do evento foi Mario Bramnick, que faz parte do “Grupo de Fé” que ora com o presidente Trump todos os meses na Casa Branca.


A palavra que ele trouxe aos brasileiros foi um paralelo com o fim do cativeiro do povo de Israel na Babilônia. Segundo o pastor, existe um momento profético para a nação que precisa ser discernida pela Igreja. A mudança da embaixada americana para Jerusalém seria um indício de quem está (ou não) disposto a obedecer os decretos do Senhor.


Usando o texto de Mateus 25:32-33, ele destacou que “Todas as nações serão reunidas diante dele, e ele separará umas das outras como o pastor separa as ovelhas dos bodes. E colocará as ovelhas à sua direita e os bodes à sua esquerda”.


Bramnick destacou que existem dois tipo de nação: as que se identificam com as ovelhas – as que estiveram ao lado do propósito divino – e as que se opõe, as ovelhas. Seu pedido é para que a Igreja discirna os tempos e clame para que o Brasil se alinhe a este grupo. Para o líder da Coalizão de Latinos por Israel, há uma palavra profética para cada nação e Deus está chamado Brasil para um alinhamento com esse “mover”.


Ele defende que essa é a “chave do avivamento” dos últimos tempos, onde Israel tem o local central. Ciente que o Brasil teve um papel determinante na Assembleia da ONU que possibilitou que o Estado judeu voltasse a existir, clamou para que esta ligação, que é espiritual fosse restaurada o mais breve possível.