-
15/01/2020 às 10h11

Pintura renascentista é encontrada em catedral de Viena

Mundo
Pintura renascentista é encontrada em catedral de Viena
Imagem: BDA/BDA Irene Dworak

Pintura de séculos atrás encontrada em catedral austríaca pode ser obra de mestre renascentista.

 

A obra de um famoso artista renascentista pode ter sido descoberta embaixo de séculos de sujeira na Catedral de Santo Estêvão, em Viena, capital da Áustria.


Especialistas acreditam que a ser obra de Albrecht Dürer. 


A bela pintura foi revelada em uma parede no “portão do bispo”, uma parte pouco usada da catedral localizada acima do que hoje é a loja de souvenirs, de acordo com o site Art Newspaper. 


A obra de arte, que descreve as santas Catarina e Margarida, data do século XVI, de acordo com o Escritório Federal de Monumentos da Áustria (BDA). 


A descoberta pode lançar uma nova luz sobre a vida do pintor da Alemanha, pois até agora não havia registros de Dürer visitando a capital austríaca.


Erwin Pokorny, especialista em Dürer, disse que a pintura é realmente uma obra do mestre renascentista.


“A questão não é se, mas quando Dürer estava em Viena”, disse ele, demonstrando felicidade por enxergar as “virtuosas pinceladas” do artista no mural.