-
03/10/2019 às 13h20

Polícia cumpre mandados de prisão no caso Marielle

Justiça
Polícia cumpre mandados de prisão no caso Marielle
Reprodução Internet

Investigadores da polícia buscam esclarecer o descarte da suposta arma usada no atentado contra Marielle.


Uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público prendeu, nesta quinta-feira (3), quatro pessoas em nova etapa das investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.


Entre os presos da Operação Submersus está Elaine Lessa, mulher do PM reformado Ronnie Lessa, preso desde março, acusado pela execução, e que também é alvo de um mandado de prisão.


A força-tarefa busca esclarecer o descarte da suposta arma usada no atentado. A suspeita é que o material foi jogado no mar da Barra da Tijuca.


Segundo o site G1, os alvos da Operação Submersus são:


Ronnie Lessa, preso na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte;

Elaine Lessa, mulher de Ronnie, que também é dona do apartamento onde as armas estavam;

Márcio Montavano, o Márcio Gordo, teria tirado as caxias de armas de dentro do apartamento de Ronnie e Elaine Lessa;

Bruno Figueiredo, irmão de Elaine, suspeito de ajudar Márcio na execução do plano;

Josinaldo Freitas, o Djaca, teria contratado taxista para levar as armas até o Quebra-Mar, na Barra.