-
09/10/2018 às 17h20

PSDB sofreu a pior derrota de sua história

Política
PSDB sofreu a pior derrota de sua história
Reprodução Web

O PSDB sofreu neste domingo (7) a pior derrota de sua história numa eleição presidencial e chega para sua principal disputa no segundo turno – o governo de São Paulo – mais conflagrado do que nunca.


Tucanos ligados a Geraldo Alckmin, José Serra e Fernando Henrique Cardoso prometem boicotar a candidatura de João Doria (PSDB) no maior estado do país.


Na definição de parlamentares tucanos, o partido “virou pó”. O PSDB saiu de 55% dos votos válidos numa campanha nacional, em 1994, na esteira do Plano Real, para menos de 5% dos votos ontem.


Os criadores do PSDB defendem “uma volta às raízes”, um esforço para mostrar as razões de criação do partido. Porém, no mais importante e simbólico reduto tucano, São Paulo, não há clima para unidade.


O posicionamento de Alckmin na eleição paulista é um mistério. Aliados de Doria já defendem troca da direção nacional do PSDB numa antecipação das eleições internas.


“Não podemos perder mais tempo e não dá para continuar com essa Executiva”, defendeu ontem o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando.


A atual diretoria, presidida por Alckmin, tem mandato previsto até dezembro de 2019.


Fonte: Tarciso Morais – Renova Mídia