-
07/06/2019 às 09h54

STF permite venda de subsidiária da Petrobras para empresa da França

Brasil
STF permite venda de subsidiária da Petrobras para empresa da França
Redação Internet

A decisão de Fachin foi tomada após o plenário do STF aprovar por maioria que o governo pode vender subsidiárias de estatais sem aval do Congresso e sem licitação.


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, liberou, nesta quinta-feira (6), a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG), subsidiária da Petrobras, a um grupo liderado pela francesa Engie.


Fachin revogou a liminar emitida em maio que impedia a negociação da empresa, permitindo o negócio de US$ 8,6 bilhões, informa a agência AFP.


A suspensão da venda de 90% do capital da TAG ao consórcio formado pela Engie e o fundo canadense CDPQ foi provocada por um recurso apresentado por sindicatos de petroleiros, que alegavam que a operação exigia prévia licitação.


O STF decidiu que a eventual privatização de empresas estatais exige a aprovação do Congresso, mas isto não se aplica às subsidiárias.


A decisão abre caminho para os projetos de privatização e concessões do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do ministro da Economia, Paulo Guedes, para reduzir a dívida pública.