-
28/07/2020 às 08h07

STF segue PGR e arquiva abertura de inquéritos da delação de Cabral

Justiça
STF segue PGR e arquiva abertura de inquéritos da delação de Cabral

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, mandou arquivar três inquéritos abertos com base no acordo de delação premiada de Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, com a Polícia Federal (PF). 


Toffoli acatou um pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, que parece não ter visto elementos na colaboração de Cabral que justificassem o avanço da delação.


Os inquéritos, que tramitam em sigilo no STF, têm como alvos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Tribunal de Contas da União (TCU), de acordo com O Globo.


Em nota à imprensa, a PGR afirmou que não comenta assuntos sigilosos, e que os temas apresentados pelo colaborador já são objeto de apreciação do Poder Judiciário em diferentes processos.