-
23/09/2021 às 10h27

TV Cultura assina contrato com agência controlada pelo Partido Comunista da China

Política
TV Cultura assina contrato com agência controlada pelo Partido Comunista da China
Divulgação

Na segunda-feira (20), a TV Cultura, mantida pela Fundação Padre Anchieta e ligada ao governo de São Paulo, firmou um contrato de cooperação com a Xinhua, agência estatal controlada pelo Partido Comunista da China (PCC).


De acordo com o que foi divulgado pelas partes, o acordo consiste no intercâmbio mútuo de informações e, futuramente, na produção de documentários, programas culturais e séries.


O presidente da Fundação Padre Anchieta, José Roberto Maluf, comemorou a parceria, afirmando que, a partir agora, “nós teremos condições de saber exatamente como pensam e o que dizem os chineses”.


“Esse acordo permite que a TV Cultura vá se informar na fonte primária, não na fonte alternativa ou secundária que são as agências ocidentais de informação sobre a China”, declarou Maluf.


O diretor da Xinhua, Chen Weihua, disse que a cooperação “vai ajudar os dois povos a se conhecerem cada dia mais”.


Fundada em 1931, a agência asiática possui mais de 10 mil funcionários, 31 escritórios na China e 107 espalhados por outros países, com publicações em mandarim, espanhol, inglês, árabe, russo, alemão e português.


Estiveram presentes na cerimônia, além do diretor da Xinhua e do presidente da Fundação Padre Anchieta, o diretor de Rede e Novos Negócios da TV Cultura, Fábio Borba; a Cônsul Geral da China em São Paulo, Chen Peijie; e Múcio Aguiar, conselheiro da Associação Brasileira de Imprensa.