-
26/10/2019 às 11h33

Um milhão de manifestantes nas ruas do Chile

Mundo
Um milhão de manifestantes nas ruas do Chile
Reprodução Internet

Imprensa local aponta que a magnitude das manifestações no Chile é inédita.


Mais de um milhão de cidadãos saíram às ruas de Santiago, capital do Chile, nesta sexta-feira (25), pedindo por melhorias sociais.


As marchas fazem parte dos protestos contra o governo do presidente Sebastian Piñera, que já duram mais de uma semana e deixaram pelo menos 19 mortes.


A revolta social acontece na nação que é conhecida como a mais estável e próspera da América do Sul.


Especialistas locais apontam que a magnitude das manifestações é inédita, nunca vista durante a ditadura do general Augusto Pinochet (1973-1990) nem desde o restabelecimento da democracia, informa o jornal Gazeta do Povo.


O governo decretou estado de emergência, ordenou um toque de recolher em Santiago e região metropolitana e convocou as Forças Armadas para conter a violência promovida por parte dos manifestantes.