-
21/01/2019 às 08h37

Witzel e a direita HUAWEI

Brasil
Witzel e a direita HUAWEI
Reprodução Terça Livre

Eurico Telles – ex-Diretor Jurídico e atual Presidente plenipotenciário da Oi – está fazendo a intermediação com Governo Wilson Witzel, RJ, para implementar o sistema chinês da HUAWEI de reconhecimento facial na segurança pública do Estado. Ou seja: o projeto piloto do serviço secreto chinês vai acontecer logo em um governo que se declara de direita, a começar por um bairro famoso da cidade, cujo nome permanece em segredo.


Integrantes do governo estão todos admirados com a eficiência do sistema, que integra DETRAN, SEAP, Polícias Civil e Militar e outros órgãos públicos; as câmeras de rua poderão identificar qualquer transeunte que por ela passar e rastrear todo o trajeto. A idéia é que este projeto se amplie até mesmo aos condomínios e empresas de vigilância privada. Assim, o cidadão fluminense estará livre dos soldados do narcotráfico, e alegremente protegido pelo serviço secreto chinês…


O governo do RJ basicamente atenderá à promessa de campanha usando a HUAWEI mediante a Oi. Segundo fontes ligadas ao governo de Witzel informaram exclusivamente ao Terça Livre, a proposta de campanha foi cumprida por meio da Oi com tecnologia chinesa, o que não havia sido revelado ao público durante a campanha.


O bairro de teste já foi escolhido, embora seu nome não nos tenha sido informado. Qualquer cidadão com mandado de prisão — ou não — que passar por lá terá todos os seus passos monitorados, não apenas pelo governo do Estado, mas sabe-se muito bem por quem mais.