-
30/09/2019 às 11h59

Witzel quer punição da ONU contra Bolívia, Colômbia e Paraguai

Política
Witzel quer punição da ONU contra Bolívia, Colômbia e Paraguai
Reprodução internet

“ONU pode tomar essa decisão, de retaliar o Paraguai, a Bolívia e a Colômbia no que diz respeito às armas”, afirmou Witzel.


O governador Wilson Witzel atribuiu exclusivamente a traficantes de armas e drogas os homicídios ocorridos no Rio de Janeiro.


Witzel disse que pedirá nesta semana ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) o fechamento das fronteiras do Brasil com Bolívia, Colômbia e Paraguai.


Segundo o governador, é da fronteira com estes países que partem a maior parte das armas traficadas para o Rio.


Witzel disse ter convidado o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, a recorrer com ele à ONU contra os três países, mas, sem resposta até agora, poderá sozinho buscar a ajuda:


Segundo o jornal Estadão, Witzel declarou:


“Tentei que o ministro Moro viesse comigo. Estou aguardando. Mas se não vier, vamos sozinhos, porque o Estado do Rio de Janeiro vai fazer o seu trabalho.”


E acrescentou:


“O próprio Conselho de Segurança da ONU pode tomar essa decisão, de retaliar o Paraguai, a Bolívia e a Colômbia no que diz respeito às armas.”